Estamos aqui para discutir a espiritualidade sem frescura, sem nhem nhem nhem e sem ego puxa saco. Aqui o papo é reto. Não tem essa de ficar pagando de iluminado e achando que as pessoas são só rosas e gratidão e que as crianças são especiais e que as vítimas vão pro céu… aqui a gente não tem tempo a perder com rótulos, com os mesmos achismos de sempre. Aqui a gente pensa a respeito da espiritualidade, da transcendência, da consciência expandida, mas como um exercício de observação. Queremos chegar em algum lugar diferente do que conhecemos e, para isso, precisamos nos experimentar e nos conhecer. Repetir bobagens que os outros vem falando por vários anos não vai nos tirar do lugar. Não mesmo.

Aqui nessas páginas você vai encontrar referências interessantes para sua busca espiritual, bem como a desconstrução de todas as crenças limitantes que eu encontrar nessa jornada. As pessoas precisam pensar um pouco mais, sentir um muito mais, aprender a usar o que tem e abrir mão dos desejos inúteis, parar de repetir para si mesmas os seus limites e começar a gritar as suas possibilidades. Precisamos expandir nossa experiência nesse mundo, viver mais, ouvir mais, ler mais, ver mais, tocar mais… Sentir mais as coisas e parar de dar ouvidos a gurus e mestres sem sentido que mal sabem o que estão dizendo.

Nada de vomitar discursos repetidos. Nada de santo ou pecador. chega de doutrinas e dessa moral mal estabelecida, que só cria ideais impossíveis de serem seguidos, num eixo de frustração e derrotismo. É hora de sermos humanos, de ouvirmos nossas limitações e aceitarmos esse plano como ele é. Esqueçam esse papo de transcender o corpo para ascender ao espírito. Precisamos abraçar aquilo que temos, entender melhor nosso funcionamento nesse plano para uma partida mais tranquila e sábia.

As pessoas gastam horas e vidas em busca de entender o funcionamento dos outros planos, das outras dimensões, enquanto isso não sabem nada a respeito do mundo em que vivem.. das relações humanas, da relação com esse mundo material, animal, instintivo e cruelmente natural que permeia nossas vidas a cada segundo. Fazem projeções astrais e voltam dizendo mil palavras sobre um mundo onde não existe pecado, não existe nem cobiça, nem ganância e nem inveja… Pessoas essencialmente invejosas, avarentas e gananciosas que nunca se trabalharam, nunca melhoraram suas próprias relações humanas mas que sim, foram aceitas como mensageiras de um plano super elevado da sétima dimensão com notícias para a humanidade… faça-me o favor, né?

Aqui vamos falar sobre isso.

E outras coisas.

Vou expor algumas obras minhas de ficção, meu diário, minha visão espiritualista, enfim, tudo que eu achar que foi pertinente, do Começo ao Fim da minha vida. Todo esse meio de campo que chamam de vida, tudo aquilo que mexe com meu peito, com minha alma, com minha esperança…

A arte na comunicação da sabedoria… a experiência no aprendizado da meditação… a cor sublime das coisas sem sentido… o sabor sem nome das aflições sendo dissolvidas na boca, quando pressionadas pela língua até o céu da boca, como um caramelo que se derrete mas não enjoa…

Tudo isso estará aqui do Começo ao Fim… tudo que mexer com a minha, com a sua, com a nossa consciência. Estamos todos juntos, unidos, presentes nas mesmas coisas. Já é passada a hora de pararmos de nos separar e buscar um espírito de união, de confluência, a criação de uma egrégora que represente toda a humanidade e seus bons espíritos, suas boas motivações.

Venha conosco! Venha fazer parte desse lindo movimento. Venha questionar os gurus, os mestres, as cartomantes e os médicos com todas suas receitas e bulas.